Disturbios do Sono

Insônia

A insônia é caracterizada pela dificuldade em iniciar o sono, ou por acordar durante a noite com dificuldade para voltar a dormir, gerando consequências no dia seguinte.
COMO É O TRATAMENTO DA INSÔNIA?
O tratamento da insônia se inicia após um diagnóstico correto, da identificação e abordagem da causa da insônia quando podemos detectá-la. De modo geral, a prescrição de medicamentos que ajudam a dormir e não provocam dependência química, associada a medidas comportamentais e cognitivas, é a melhor forma de tratamento. Os profissionais da Neuroteste podem ajudar as pessoas com insônia a reconhecerem os seus sintomas, os seus hábitos, por vezes inadequados e, por meio de aplicação de técnicas especializadas, podem proporcionar uma melhor qualidade de sono e de vida.

Ronco e Apneia do Sono

A apneia/hipopneia é definida como interrupção/diminuição do fluxo aéreo (respiração), que pode levar à queda do oxigênio no sangue e a despertares. A mais comum é conhecida como apnéia obstrutiva do sono (AOS), e geralmente é caracterizada por eventos de pausas respiratórias que duram mais que 10 segundos e que são consideradas anormais quando ultrapassam a frequência de 5 por hora de sono. A AOS pode ser um distúrbio provocado por alterações anatômicas e pela diminuição de atividade dos músculos dilatadores da faringe (via aérea superior, posterior à língua). Em crianças a AOS, em geral, caracterizam-se por alterações anatômicas, como o aumento das adenóides e amígdalas, que podem ser corrigidas. Em adultos, as alterações anatômicas podem não ser tão bem localizadas e fatores neuromusculares podem ter papel importante como tem o envelhecimento. Além disso, a obesidade é um fator que agrava o quadro da AOS. Essas alterações levam ao estreitamento das vias respiratórias superiores gerando as apneias, ou pausas respiratórias.
No caso da AOS, os sintomas mais frequentes são: histórico de ronco alto, interrompido por paradas respiratórias durante o sono (observadas por quem convive com a pessoa) e hipersonolência diurna. Podem ocorrer: sono agitado, aumento da frequência de urinar a noite, alterações de memória e raciocínio, e impotência sexual.
COMO É O TRATAMENTO DA APNEIA?
Existem várias técnicas que são aplicadas nos tratamentos das apneias, variando conforme o caso:
→ Higiene do sono e emagrecimento;
→ Aparelhos de pressão positiva (CPAP);
→ Tratamento com aparelhos intraorais;
→ Tratamento cirúrgico.

Narcolepsia

Esse distúrbio de sono é caracterizado por sonolência diurna, por vezes com ataques de sono, cataplexia e anormalidades do sono REM. A narcolepsia ainda é pouco diagnosticada. A cataplexia é o único sintoma específico da narcolepsia, mas pode não aparecer em todos os casos. Fatores genéticos estão envolvidos com o surgimento da narcolepsia, embora a maioria dos casos seja esporádica e não familiar, o risco de um parente de 1° grau de um paciente narcoléptico ter o mesmo distúrbio é 40 vezes maior que na população em geral. A principal causa da narcolepsia humana é a falta da proteína hipocretina no cérebro.
COMO É O TRATAMENTO DA NARCOLEPSIA?
A narcolepsia é considerada uma doença benigna de certa forma, entretanto o tratamento é prolongado. Os medicamentos usados para tratar a narcolepsia podem ser estimulantes do sistema nervoso central e antidepressivos tricíclicos no caso de cataplexia, se necessário. O objetivo do tratamento é o controle dos sintomas, principalmente das crises de sono e da cataplexia (perda do tônus muscular), com a administração de medicamentos, permitindo assim que o paciente mantenha suas atividades normais nos campos profissional e social. Como medida paralela ao tratamento, recomenda-se alguns cochilos voluntários durante o dia para reduzir a sonolência diurna.
Durante o tratamento, não se deve exercer atividades de risco, como dirigir ou manipular equipamentos que exijam atenção contínua.

Bruxismo

O bruxismo é definido como um distúrbio caracterizado pelo ranger ou apertar dos dentes (como uma mastigação) durante o período de sono. Sua causa ainda não foi definida completamente, porém, durante o bruxismo, a força realizada sobre a musculatura mastigatória e os dentes é excessiva, produzindo sintomas musculares e dentais, tais como: dor facial, desconforto muscular principalmente ao morder, dores de cabeça, desgaste dos dentes e danos à gengiva. Um sinal típico é o desgaste do esmalte dos dentes. Por esse motivo, o bruxismo geralmente é detectado pelo dentista.
COMO É O TRATAMENTO DO BRUXISMO?
Existem vários tratamentos em estudo, mas, por enquanto, o mais recomendado é o aparelho intraoral, confeccionado com resina acrílica, chamado placa miorrelaxante. Esse tipo de tratamento proporciona uma posição articular estável, protegendo os dentes e toda a estrutura de suporte dos mesmos (gengivas, maxilares, etc.).

Síndrome das pernas inquietas

A Síndrome das penas inquietas (SPI) é uma irresistível necessidade de movimentar as pernas, que alivia uma sensação extremamente desagradável nos membros inferiores. Tais sintomas ocorrem à noite, antes de dormir, o que muitas vezes impede o início do sono, levando à insônia.
COMO É O TRATAMENTO DA SPI?
O tratamento é medicamentoso. Ao suspeitar do problema, o paciente deve procurar um especialista em Medicina do Sono.

Sonambulismo

Tal como o terror noturno, o sonambulismo normalmente ocorre na infância. Caracteriza-se por falar, sentar ou também andar pelo quarto e até mesmo pelos ambientes da casa. Por vezes, medidas de segurança são necessárias para que não ocorra nenhum acidente de maior gravidade com a criança ou o adulto.
COMO É O TRATAMENTO DO SONAMBULISMO?
Normalmente o tratamento não é necessário, pois, em geral, o sonambulismo desaparece com o crescimento. Caso os episódios se tornem frequentes e acentuados, é preciso usar medicamentos.

Saiba Mais

Corpo Clínico

Saiba Mais

Eletroencefalograma

Método insubstituível, consagrado na área de Neurologia, com o propósito de registrar eventos de causas desconhecidas, como desmaios, convulsões, sintomas neurológicos, etc

Saiba Mais

Video - EEG

Método insubstituível, consagrado na área de Neurologia, com o propósito de registrar eventos de causas desconhecidas, como desmaios, convulsões, sintomas neurológicos, etc

Saiba Mais

Dúvidas

Método insubstituível, consagrado na área de Neurologia, com o propósito de registrar eventos de causas desconhecidas, como desmaios, convulsões, sintomas neurológicos, etc

Saiba Mais

Ampliamos nossos horizontes para estarmos cada vez mais acessíveis e para podermos atender/cuidar cada vez mais de quem precisa de nós. Além de Fortaleza, também estamos em Juazeiro do Norte e nossa unidade Cariri já está em funcionamento, pronta para receber você.

Venha conhecer a Neuroteste CARIRI

Exames / consultas

Siga-nos

@neuroteste
/neuroteste

Fortaleza - CE

Rua José Vilar 1541, Aldeota, Fortaleza - CE
localizar no mapa
Tel.: (+55 85) 3023.3025
contato@neuroteste.com.br

Juazeiro do Norte - CE

Rua Catulo da Paixão Cearense 175, Patio Cariri, Juazeiro do Norte - CE
localizar no mapa
Tel.: (+55 88) 2131.5470
contato@neuroteste.com.br
NEUROTESTE 2018. Todos os direitos reservados.